segunda-feira, 30 de junho de 2014

MERA COINCIDÊNCIA.

Hoje, pela manhã, me deparei com essa lagarta perambulando pelo jardim de casa; fiquei intrigado com a bagagem que ela carregava - pequenos flocos que pareciam de algodão… A fotografei e fui pesquisar…

Os flocos são casulos com larvas de uma vespa, provavelmente Cotesia congregata. A vespa deposita suas larvas na lagarta e nela injeta substancias que paralisam a progressão dos estágios evolutivos impedindo a metamorfose; a lagarta nunca se transforma em borboleta mas continua se alimentando e às larvas da vespa; em alguns dias novas vespas saem dos casulos.

Trata-se, portanto, de um simples caso de parasitismo; uma das Relações Bióticas existentes na natureza; onde um ser (parasita) vive às custas de outro (hospedeiro) e qualquer semelhança com fatos e/ou pessoas conhecidas é mera coincidência.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

HOMEOPATIA LEIGA?

No Brasil a Homeopatia é, oficialmente, pratica pertinente à Farmácia, à Medicina, à Odontologia e à Veterinária; apesar disso, se valendo do famoso “jeitinho brasileiro”, estão proliferando cursos de “Homeopatia para leigos”, isto é, para pessoas que não possuem formação naquelas quatro áreas profissionais.

Não pretendo, aqui, entrar no mérito do legal x ilegal dessa conduta, quero sim destacar outros dois aspectos importantes:

O primeiro é a respeito do paciente e, sobre isso, de uma entrevista da farmacêutica Márcia Gutierrez, presidente da ABFH, destaco o seguinte trecho:Diante de uma prescrição feita por profissional não habilitado, a prioridade é informar o paciente sobre os riscos dessa escolha. Talvez ele os desconheça… Por fim, a decisão sobre a estratégia terapêutica não é do médico, mas, sim, do paciente que pode, ou não, segui-la. Se, apesar de esclarecido e orientado, o paciente ainda optar por um tratamento irregular, o farmacêutico deve decidir se será parceiro ou não dessa irregularidade, que poderá colocar a saúde do paciente em risco, nesse momento, apenas assumido pelo farmacêutico, já que não há médico na história para assumir responsabilidade.”

O segundo ponto é a respeito da própria Homeopatia, uma excelente terapêutica que ainda é combatida - não importa se por desconhecimento ou por interesse econômico – a pratica leiga, com seus acertos e erros, a beneficiaria ou prejudicaria nessa “queda de braços”?