domingo, 31 de julho de 2011

Ecomedicina – Notícias.

A oferta da Homeopatia. 

Em 1978 a Organização Mundial da Saúde (OMS) abriu a perspectiva dos debates sobre o cuidar de forma integral, inclusive, com o uso de práticas não biomédicas da saúde e em 2002, propôs que até 2005 os países instituíssem em seus Serviços de Saúde Pública, a Medicina Tradicional e as Medicinas Alternativas e Complementares. No Brasil, em maio de 2006, foi publicada a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), que traz as estratégias para a implementação da homeopatia e outras práticas no Sistema Único de Saúde (SUS). Diante disso, como estaria a oferta da Homeopatia no SUS dos 645 municípios do Estado de São Paulo? Esta pergunta foi o ponto de partida do trabalho desenvolvido pela médica Wania Galhardi em sua tese de doutorado e é sobre este trabalho o artigo que ela escreveu para o Ecomedicina.         Confira!http://www.ecomedicina.com.br/site/conteudo/tema11.asp

Agro Homeopatia: caminho para saúde, preservação do meio ambiente e sustentabilidade.

Aumentar a resistência da planta e sua massa de forma homogênea e o controle de pragas, contribuindo para que um novo modelo de agricultura surja e se desenvolva, permitindo o consumo de alimentos saudáveis, a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade. Este é o objetivo de Gerson Vitor Dalmolin, médico homeopata com título de especialista pela Associação Médica Brasileira e especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Associação Médica Brasileira que se dedica a pesquisas na área de Agro homeopatia. Nesta entrevista ao Ecomedicina ele fala do trabalho que vem realizando e traça um panorama da Agro- homeopatia, hoje, no Brasil.                                      Confira! http://www.ecomedicina.com.br/site/conteudo/entrevista28.asp

Democracia na Saúde JÁ! conquista adeptos no Congresso de Farmácia e Bioquímica de Minas Gerais.  

Em sua 11ª edição, o Congresso de Farmácia e Bioquímica de Minas Gerais manteve a missão de zelar pela ética, qualificar, defender e servir a profissão farmacêutica. Tendo entre seus temas Homeopatia e Fitoterapia, o congresso contou com a participação de Hylton Sarcinelli Luz, presidente da Ação pelo Semelhante. Ele apontou a Política Nacional de Práticas Integrativas como um grande avanço para a democracia e a sociedade brasileira, mas que, segundo ele, corre o risco de jamais sair do papel. Para evitar que esta previsão negativa se concretize, Hylton indicou o caminho que tem recebido apoio e adesão da sociedade: o abaixo-assinado da Democracia na Saúde JÁ! http://www.ecomedicina.com.br/site/conteudo/campanha2.asp 

Sociedades homeopáticas declaram apoio à nota técnica do MS sobre o uso da Homeopatia no tratamento e na prevenção à dengue.   

Deixar claro para o Ministério da Saúde que os médicos homeopatas estão interessados em implantar intervenções de forma conjunta. Este é o propósito da declaração que diversas sociedades homeopáticas fizeram em apoio à nota técnica sobre o uso da Homeopatia no tratamento e na prevenção a dengue elaborada e divulgada pelo ministério. O documento foi enviado pelo correio e por e-mails para o gabinete de ministro da Saúde, a Secretaria de Vigilância em Saúde, a Coordenação Geral do Programa Nacional de Controle da Dengue, o Departamento de Atenção Básica, o Departamento de Gestão Participativa, a Coordenação de Nacional de Práticas Integrativas e a Secretaria de Assistência à Saúde.                                                                   Saiba mais! http://www.ecomedicina.com.br/site/conteudo/noticia85.asp